03:41 23 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    201
    Nos siga no

    Corpos de 117 pessoas foram exumados de uma fossa comum na cidade mexicana de Tetelcingo, inclusive de três crianças, segundo informou nesta sexta-feira o procurador geral do estado de Morelos, Javier Perez Duron.

    Segundo revelações da imprensa, a fossa era usada pela procuradoria para sepultamento de corpos não requisitados. Essa informação foi confirmada por Duron. No entanto, segundo o procurador, muitos corpos pedem ter sido enterrados no local sem respeitar as normas legais.  

    Entre os corpos, há um feto, uma criança de dois anos e outra de sete, informou procurador geral de Morelos. O processo de identificação dos corpos pode durar meses. 

    Mais:

    Precisa-se exorcistas: México sacudido por onda de assassinatos ligados ao satanismo
    Inferno em Monterrey: Motim deixa mais de 50 mortos em prisão no México
    Caravanas pelos 43 estudantes desaparecidos de Ayotzinapa cruzam o México por justiça
    Tags:
    fossa comum, Javier Perez Duron, Morelos, México
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar