02:18 11 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Notas são atiradas sobre o ex-presidente da FIFA, Joseph S. Blatter

    Quantos milhões tem a FIFA?

    © REUTERS / Arnd Wiegmann
    Mundo
    URL curta
    0 21
    Nos siga no

    O ex-presidente da FIFA Joseph Blatter, o ex-secretário da organização Jérôme Valcke e o antigo vice chefe Marcus Kattner tinham obtido um montante total de 80 milhões de dólares através de prêmios adicionais distribuídos entre eles, diz a página oficial da organização.

    Os juristas, que estão realizando investigações internas na FIFA, tinham publicado uma informação sobre contratos e compensações para o pequeno grupo de antigos funcionários da FIFA. Os bônus foram distribuídos conforme artigos diferentes, os quais incluíam compensações pela Copa do Mundo de Futebol 2018 (que será realizado na Rússia) e que eles obtiveram em 2014. De acordo com a informação publicada, todos esses funcionários receberam cerca de 90 milhões, 80 dos quais podem ser classificados como “suspeitos”.  Blatter recebeu 38 milhões e 380 mil dólares, Valcke — 40 milhões e 198 mil dólares (11,1 milhões pela Copa do Mundo 2018), Kattner — 11 milhões e 842 mil dólares (4,5 milhões pela Copa do Mundo).

    Ainda antes tinha sido comunicado que, durante as buscas na sede da FIFA, foram confiscados documentos e dados digitais. As buscas foram lançadas por causa de investigação da acusação de corrupção contra Blatter e Valcke.

    A informação obtida foi enviada para o Procurador-Geral da Suíça e também deverá ser enviada para o Comitê de Ética da FIFA.

    O Bureau Federal da Justiça da Suíça iniciou investigações sobre acusações de corrupção do presidente da FIFA daquela altura Joseph Blatter. Ele é acusado da transferência ilegal de 2 milhões de francos suíços para Platini em 2011. Na sequência disso, ambos foram afastados de suas atividades até 2023 pela Câmara Arbitral da Comitê de Ética da FIFA. O Comitê Apelativo da FIFA tinha reduzido as sanções contra Blatter e Platini para 6 anos de afastamento. Em maio, o Tribunal Arbitral do Esporte tinha reduzido o prazo de 6 para 4 anos. Em janeiro e em maio Valcke e Kattner tinham, respetivamente, abandonando a FIFA. 

    Mais:

    Presidente da FIFA: Copa de 2018 na Rússia será a melhor na história do futebol
    Gianni Infantino, secretário-geral da UEFA, é o novo presidente da FIFA
    Tags:
    compensação, acusações, buscas, corrupção, investigações, FIFA, Suiça
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar