19:12 16 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova, durante a entrevista coletiva semanal, Moscou, Rússia, 25 de fevereiro de 2016

    Embaixada da Turquia não responde pelas palavras do presidente do país

    © Sputnik / Mikhail Voskresensky
    Mundo
    URL curta
    414
    Nos siga no

    Durante uma coletiva de imprensa, Maria Zakharova, representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, afirmou nesta quinta (2) que a Embaixada da Turquia na Rússia não pôde explicar qual foi o piloto (russo ou turco) que cometeu o erro, segundo afirmou o presidente Recep Erdogan.

    A representante do Ministério das Relações Exteriores da Rússia reiterou que nessas circunstâncias, quando a própria Embaixada da Turquia em Moscou não pode explicar as palavras do presidente do seu país, e quando Ancara a cada dia muda sua posição referente às relações com Moscou, é impossível reestabelecer um diálogo eficiente.

     “Às autoridades turcas falta completamente ‘a memória de curto prazo’. Se juntarmos as declarações deles desde 24 de novembro, teremos uma mistura completa. Cada dia eles afirmam algo que contradiz as declarações anteriores. Agora eles estão falando sobre um erro de piloto. No início, as autoridades turcas afirmaram que não sabiam que o avião abatido era russo. Depois eles disseram que, mesmo sabendo que avião era russo, voltariam a fazer a mesma coisa. Porque aqui se trata da normalização das relações entre os países, decidimos esclarecer o que exatamente queria dizer Erdogan quando falou sobre o erro do piloto. Do piloto russo? É impossível, porque ele não cometeu nenhum erro. Ele coordenou todas suas ações com a coalizão internacional, liderada pelos EUA. Ora, a Turquia é membro desta coalizão.”

    Zakharova também afirmou que talvez Erdogan tenha falado sobre um erro do piloto turco, por isso ligou à Embaixada da Turquia na Rússia para esclarecer de que piloto falava Erdogan.

    “Talvez Erdogan tenha falado sobre um erro do piloto turco? <…> Quando ligámos para a Embaixada da Turquia para esclarecer sobre que piloto falou o presidente turco, eles disseram, que não iriam comentar as palavres de Erdogan. Assim, os próprios diplomatas não sabiam de que piloto falou Erdogan”, disse ela.

    Antes, o presidente turco Erdogan tinha sublinhado que desejava "normalizar as relações com a Rússia", mas que não entendia como "o presidente da Rússia, Vladimir Putin, pôde sacrificar as excelentes relações entre os países por causa de um erro cometido pelo piloto". 

    As relações entre os dois países se deterioraram depois de a força aérea turca, em 24 de novembro de 2015, ter abatido na Síria uma aeronave russa Su-24. O piloto Oleg Peshkov foi morto nessa ocasião por militantes turcomanos enquanto descia de paraquedas. 

    A Rússia exige um pedido formal de desculpas da Turquia e a compensação pelas perdas provocadas pela destruição do bombardeiro russo. Ancara, até o momento, não apresentou quaisquer desculpas.

    Mais:

    Zakharova cumpre promessa e dança Kalinka em cúpula internacional (VÍDEO)
    Maria Zakharova prometeu dançar 'Kalinka' durante a cúpula Rússia-ASEAN em Sochi
    Maria Zakharova: ingresso de Montenegro na OTAN não ficará sem resposta de Moscou
    Tags:
    explicações, abatido, pedido de desculpas, piloto, avião russo, Su-24, Ministerio das Relacoes Exteriores (Russia), Recep Tayyip Erdogan, Maria Zakharova, Rússia, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar