09:26 17 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    033
    Nos siga no

    O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, criticou as atividades do Conselho de Segurança da ONU e defendeu eleições para membros permanentes do órgão.

    "O mundo é maior, do que os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU, que decidem os destinos da humanidade. Entre estes não há nenhum país africano, nenhum país muçulmano. Essa desigualdade entre os continentes contradiz os princípios da justiça. Os membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU também devem ser eleitos para um prazo limitado", declarou Erdogan, ao discursar em uma universidade na Uganda, nesta quarta-feria, durante visita oficial a este país. A sua declaração foi transmitida pela emissora NTV.

    O presidente da Turquia já defendeu a reforma da ONU antes, ao discursar durante a Cupula Humanitária Mundial, em Istambul, realizada em maio.

    Mais:

    Em discussão: Aumenta a chance de Brasil se tornar membro permanente do CS da ONU?
    Brasil, Índia, Alemanha e Japão pedem assentos permanentes no CS da ONU
    Kiev propõe tirar direito de veto da Rússia no CS da ONU
    Rússia espera que Ucrânia assuma com responsabilidade cadeira não permanente no CS da ONU
    Tags:
    Turquia, Recep Tayyip Erdogan, Conselho de Segurança da ONU, ONU
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar