09:48 15 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Construção de gasoduto.

    South Stream está morto mas pode renascer

    © Sputnik/ Alexey Kudenko
    Mundo
    URL curta
    181

    O projeto do gasoduto South Stream (Corrente do Sul) não está completamente morto, seu desenvolvimento é possível apesar de o assunto não estar incluído na agenda oficial da Comissão Europeia, disse em entrevista à agência noticiosa RIA Novosti o vice-ministro das Relações Exteriores da Grécia, Nikos Xydakis.

    "No momento atual este assunto não está na agenda oficial. Mas também não está completamente morto. Apesar das sanções, a ideia de construir o South Stream está viva. Seguindo esta lógica, é possível dizer que o South Stream pode ser reanimado", disse o diplomata grego.

    Partes do gasoduto South Stream (Corrente do Sul) no local onde foi iniciada a construção do gasoduto, Sérvia, 11 de julho de 2014
    © AFP 2017/ ANDREJ ISAKOVIC
    Assim, na opinião de Xydakis, "dando passos cautelosos e ponderados, conseguiremos decidir como reanimar o projeto".

    "Também convém ter sempre em consideração que os países europeus se movem na direção da independência energética e não querem ser dependentes de apenas uma fonte energética", disse.

    No fim de 2014, Moscou anunciou o cancelamento do South Stream, que deveria fornecer gás da Rússia à Itália e à Áustria através do Mar Negro e da Bulgária, Sérvia, Hungria e Eslovênia. Nessa altura foram avançados planos para substituir o South Stream pelo Turkish Stream (Corrente Turca).

    Vladimir Putin declarou que a Rússia não podia continuar executando o projeto, inclusive por causa da posição não construtiva da União Europeia. A razão principal desta decisão foram as divergências entre a Rússia e a União Europeia em relação ao pacote energético europeu que proíbe que as empresas que sejam proprietárias de linhas de gasodutos possam simultaneamente ser vendedoras de gás. O chefe do gigante energético russo Gazprom, Aleksei Miller, confirmou na altura que o "projeto foi encerrado".

    Anteriormente, o presidente sérvio Tomislav Nikolic expressou a esperança que o projeto do South Stream seja executado apesar dos problemas existentes.

    Em fevereiro, o representante especial da Rússia na União Europeia, Vladimir Chizhov, disse que é possível que o projeto do gasoduto seja reiniciado.

    Tags:
    gás, cooperação, projeto, gasoduto, South Stream, União Europeia, Europa, Grécia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik