02:03 22 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Verkhovna Rada, Parlamento da Ucrânia

    Parlamento ucraniano exorta Senado francês a manter sanções antirrussas

    © Sputnik / Alexandr Maksimenko
    Mundo
    URL curta
    Guerra de sanções entre Rússia e Ocidente (179)
    403

    O Parlamento da Ucrânia aprovou uma resolução nesta terça-feira (31) instando o Senado francês a não apoiar uma resolução que aliviaria as sanções contra a Rússia.

    Bandeira da União Europeia
    © flickr.com / Giampaolo Squarcina
    O Senado da França fará uma votação sobre a proposta de flexibilização das sanções antirrussas em 8 de junho. De acordo com os legisladores franceses, o projeto de lei foi recebido com apoio quase unânime do Comitê do Senado para os Assuntos Europeus.

    "[O Parlamento da Ucrânia] exorta o Senado francês a impedir a adoção de uma resolução que pode ser vista pela Federação Russa como o enfraquecimento da posição unificada da União Europeia relativamente à inaceitabilidade e condenação das ações ilegais de Moscou na arena internacional", afirma a parte ucraniana.

    Em abril, a Assembleia Nacional, câmara baixa do Parlamento francês, apoiou uma resolução que apelava à suspensão das sanções impostas contra Moscou.

    Os Estados Unidos, a União Europeia e alguns dos seus aliados impuseram várias rodadas de sanções sobre setores-chave da economia russa, bem como sobre indivíduos e entidades russas, devido à reunificação da Crimeia com a Rússia e às acusações ocidentais a respeito de uma suposta interferência de Moscou no conflito ucraniano — alegações que o Kremlin tem negado repetidamente.

    Tema:
    Guerra de sanções entre Rússia e Ocidente (179)

    Mais:

    Steinmeier sugere revogar, em etapas, sanções contra a Rússia
    Senado francês estudará resolução sobre fim das sanções contra Rússia
    Tusk diz que UE manterá as sanções contra a Rússia
    Reino Unido perdeu cerca de US$ 10 bilhões em guerra de sanções com Rússia
    Tags:
    sanções, conflito ucraniano, Senado, Assembleia Nacional, União Europeia, Parlamento ucraniano, Verkhovna Rada, Crimeia, Ocidente, EUA, Rússia, França, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik