01:52 30 Março 2017
Ouvir Rádio
    Apoiantes da independência da Catalunha durante a demonstração no Dia Nacional de Catalunha, Barcelona, Espanha, 11 de setembro de 2015

    Catalunha submete primeira lei de ruptura com a Espanha

    © REUTERS/ Albert Gea
    Mundo
    URL curta
    41186191

    A coligação independentista que governa a Catalunha, Junts pel Si (Juntos pelo Sim), com o apoio da Candidatura de Unidade Popular (CUP), registrou no Parlamento a primeira das três leis que deverão marcar a ruptura com o Estado espanhol.

    Esta primeira lei estabelece as bases da Seguridade Social de uma hipotética Catalunha independente. O objetivo é garantir que o Governo catalão tenha competência nas áreas de benefícios sociais, tanto na gestão quanto na cobrança de contribuições, impostos e taxas.

    Juntas, as três leis – relativas à Seguridade Social, às Finanças e à Transição – levarão à ruptura com a Espanha em 18 meses, de acordo com o roteiro aprovado pelo governo catalão.

    Na elaboração das normas tomarão parte apenas quatro deputados, dois do Junts pel Si e dois da CUP, com maioria absoluta no Parlamento.


    Mais:

    Sem Artur Más, independência da Catalunha ganha novo fôlego
    Divórcio confirmado: Catalunha começa 'desconexão' da Espanha
    Chanceler espanhol: separatismo da Catalunha é uma revolta em grande escala
    Tags:
    independência, ruptura, lei, transição, finanças, seguridade social, Candidatura de Unidade Popular (CUP), Junts pel Si, Catalunha, Espanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik