10:36 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Defesa antimísseis dos EEUU na Polônia (arquivo)

    Polônia nega que escudo antimísseis da OTAN ameace a Rússia

    © AFP 2017/ Janek Skarzynski
    Mundo
    URL curta
    52116129

    O posto de defesa antimísseis da OTAN que está sendo construído em Redzikowo não representa ameaça para a Rússia, declarou à agência PAP o ministro de Relações Exteriores da Polônia, Witold Waszczykowski.

    “O presidente da Rússia, Vladimir Putin, deve entender perfeitamente que o sistema de defesa antimísseis na Polônia nada tem a ver com a segurança da Rússia e que seu objetivo é proteger a Europa contra um ataque com mísseis do Oriente Médio”, disse o diplomata.

    Apesar disso, a presença militar dos EUA e das forças multinacionais da OTAN na Europa “é uma resposta ao comportamento muito agressivo e às ameaças das autoridades russas, disse Waszczykowski.

    “Será uma presença defensiva e não representará ameaça para a Rússia”, enfatizou o ministro polonês.

    Em meados deste mês de maio, começou a funcionar o sistema antimísseis americano Aegis Ashore na base de Deveselu, na Romênia, cerca de 600 quilômetros a oeste da península russa da Crimeia. 

    Os EUA estão construindo uma base semelhante com radares e mísseis interceptores na cidade polonesa de Redzikowo, localizada a cerca de 180 quilômetros de Kaliningrado.

    Mais:

    Pentágono reiterou que o escudo antimísseis na Europa não representa ameaça para Rússia
    Rússia reagirá ao escudo antimísseis na Romênia, afirmou Vladimir Putin
    Daesh usa ‘escudo humano’ para se defender do Exército do Iraque
    Tags:
    ameaça, Defesa, escudo antimísseis, OTAN, Witold Waszczykowski, Vladimir Putin, Rússia, Polônia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik