17:47 22 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    161
    Nos siga no

    Um projeto da resolução contra a política das sanções foi elaborado pelo senador francês Yves Pozzo di Borgo e foi apresentado ao Senado no dia 26 de maio.

    Nesta sexta-feira, dia 27 de maio, o texto do projeto de resolução foi publicado no site do Senado francês.

    Em um comentário exclusivo à Sputnik France, o autor do projeto explica de que exatamente se trata.

    “O que nos chamamos de resolução é um procedimento constitucional que nos tínhamos apresentado na Comissão de assuntos europeus no Senado. Isto é um procedimento bastante longo que deverá passar por várias etapas. Ele será examinado no Senado em 8 de junho. Mas o que foi hoje agradável para nos é que está resolução que prevê a isenção das sanções contra a Rússia foi apoiada pelos quase todos membros da nossa comissão. Houve só um voto contra ele e uma pessoa que se abstive. O que foi especialmente surpreendente para mim é que os socialistas que apoiam o governo tinham votando sim à resolução. Quer dizer que isto não é o resultado final mas isto é uma boa obra por terminar, disse di Borgo. 

    O senador francês acrescenta que é impossível continuar no regime das sanções. Segundo ele, o documento é principalmente um gesto político.

    “O presidente francês François Hollande tem que tomar esta resolução em consideração. Não é uma votação obrigatória, mas é um gesto político”, disse ele.

    O projeto de resolução elaborado pelo senador Yves Pozzo di Borgo contém vários apelos por parte de políticos franceses para a atenuação das sanções contra a Rússia e informações sobre o prejuízos para a França e União Europeia por causa destas medidas.

    Agora as sanções contra a Rússia estão prolongadas até o dia 15 de setembro e o governo da França junto com  a Assembleia Suprema insistem  na prolongação de sanções, enquanto surgem mais e mais apelos para a isenção delas.

    Mais:

    França toda fica paralisada com atos de sindicatos
    França é principal alvo do Daesh, diz primeiro-ministro
    Tags:
    isenção, projeto, votação, sanções, resolução, Senado, Yves Pozzo di Borgo, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar