21:55 07 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Barris de petróleo

    Petróleo em alta: Brent cotado acima de $50 por barril

    © flickr.com / Carsten ten Brink
    Mundo
    URL curta
    431
    Nos siga no

    As cotações do petróleo continuam crescendo esta quinta (26), registrando novos máximos de 2016, depois da publicação dos dados do Departamento da Energia dos EUA (DoE na sigla em inglês) sobre a redução dos estoques do 'ouro negro' naquele país.

    O Brent superou os 50 USD pela primeira vez desde 4 de novembro passado nas bolsas. Às 07h51 (01h51 em Brasília) os contratos futuros do Brent para entrega em julho cresceram 0,7 por cento, registrando 50,09 USD (179,32 BRL) por barril. Já o preço de WTI com entrega em julho ganharam 0,63 por cento, atingindo 49,87 dólares (178,53 reais) por barril.

    Ontem (25) o DoE estadunidense comunicou que a queda dos estoques comerciais (que não incluem estoques estratégicos) de petróleo bruto do país na semana encerrada em 20 de maio foi maior do que os analistas previam, registrando perdas de 4,2 milhões de barris, para 537,1 milhões de barris. Anteriormente os analistas estimavam que os estoques diminuiriam apenas 2,45 milhões de barris.

    Além disso, a produção de petróleo nos Estados Unidos naquela semana também registrou uma baixa de 24 mil barris por dia, constituindo 8,767 milhões de barris por dia. Os estoques da matéria-prima no maior terminal petrolífero do país diminuíram 0,7 milhões de barris, para 67,6 milhões de barris.

    "50 USD é sem dúvida um patamar psicológico. O mercado tem agora um propulsor, que será aproveitado", disse o analista australiano da CMC Markets Ric Spooner, citado pela Reuters.

    Entretanto, as reservas de gasolina nos EUA cresceram 2 milhões de barris, para 240,1 barril, o que contradiz as estimativas dos analistas, que esperavam uma redução de 1,067 milhões de barris. Porém, a redução foi registrada nos destilados, que caíram 1,3 milhões de barris para 150,9 milhões, enquanto as previsões dos especialistas eram de queda de 1,083 milhões de barris.

    As informações divulgadas estimularam a subida dos preços, registrando pela primeira vez desde 4 de novembro passado o Brent acima de 50 USD.

    Mais:

    Barril de petróleo a quase 50 dólares: o que isso significa?
    Que países se prepararam melhor para o petróleo barato?
    Guerras do Petróleo: Arábia Saudita quer manter o Irã na 'Área Penal'
    Obama: EUA pararam de tentar reduzir exportações de petróleo do Irã
    Tags:
    barril, matéria-prima, contratos futuros, petróleo, bolsa, WTI, Brent, Departamento da Energia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar