19:06 15 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Participantes do protesto contra censura na mídia turca, Istambul, Turquia, 27 de novembro de 2015

    Imprensa: ‘sem direitos na Turquia’!

    © AFP 2019 / OZAN KOSE
    Mundo
    URL curta
    302
    Nos siga no

    Os meios de comunicação na Turquia sentem imensa pressão por parte das autoridades após a decisão do ministro da Justiça de abrir processo judicial contra o apresentador do canal televisivo Flash TV Mustafa Yenigun.

    O jornalista é acusado de violar o artigo № 30 do Código Penal turco "por insultar o Estado". Isto teria acontecido em julho do ano passado, durante uma conversa sobre a realização do projeto Via Verde (Green way, em inglês), que deveria ajudar a Turquia aumentar o potencial turístico da costa do mar Negro, quando Yenigun criticou abertamente as ações governamentais de execução dos projetos, que, de acordo com o jornalista," causa danos ao meio ambiente e a população da região".

    Liberdade da imprensa na Turquia
    © Sputnik / Vitaly Podvitsky
    Liberdade da imprensa na Turquia

    “Fiquei muito decepcionado e surpreendido que a decisão de abertura de processo foi aprovado pessoalmente pelo ministro da Justiça. Isto significa que o senhor ministro considera que é possível iniciar uma investigação sobre o meu direito da liberdade de expressão garantida pela Constituição do país. E não só iniciar uma investigação, mas, se é necessário, me condenar por usar deste direito”, afirmou o jornalista em uma entrevista à agência Sputnik, comentando a decisão das autoridades turcas da abertura do processo contra ele.

    Mais:

    EUA tentam proteger liberdade na Turquia
    Turquia acusa oposicionista de alta traição por liberdade de palavra
    Liberdade de imprensa na Turquia: 5 anos de prisão por criticar Erdogan
    Tags:
    jornalista, violação, liberdade de imprensa, liberdade de expressão, direitos humanos, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar