08:24 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Palácio de La Moneda em Santiago do Chile

    Estudantes invadem Palácio de La Moneda no Chile

    © Sputnik/ A. Carmen
    Mundo
    URL curta
    0 62

    Dezenas de estudantes secundaristas e universitários chilenos invadiram nesta terça-feira (24) o Palácio de La Moneda, em Santiago, em manifestação pela educação pública gratuita e de qualidade e contra a reforma educacional no país, considerada "um fracasso".

    Para acessar o interior da sede do governo, os estudantes fingiram ser um grupo de turistas que visitava o palácio. Ao entrar, começaram a gritar palavras de ordem e a exibir faixas. Em uma delas, lia-se: "Notifique-se. Hoje começa a ofensiva".

    protestos cultura
    Rovena Rosa/Agência Brasil
    Em seguida, a polícia começou a expulsão, retirando os jovens à força, empurrando e arrastando vários deles no chão. De acordo com vários relatos, entre dez e 19 pessoas foram detidas, e o Palácio de La Moneda foi fechado.

    Ao serem expulsos do palácio, os estudantes, em sua maioria, pertencentes à Assembleia Coordenadora de Estudantes Secundários (ACES), continuaram a manifestar-se na Praça da Constituição.

    "Viemos para dizer à presidenta em sua cara, que ela não descubra através da imprensa, que fracassaram", disse Diego Arrano, porta-voz da ACES, citado pela EFE. "Fracassaram ao falar de um transporte público, de uma educação gratuita, e o governo terá que arcar com as consequências. O movimento estudantil seguirá com esta ofensiva", acrescentou.

    A presidente do Chile, Michelle Bachelet, durante a cúpula do Mercosul
    © AFP 2017/ MIGUEL ROJO
    Por sua vez, a presidente do Chile, Michelle Bachelet, interrompeu uma atividade fora do palácio para anunciar que, em suas palavras, "hoje milhares de famílias veem seus filhos e filhas estudando de graça, sem dívida". Ela também acrescentou que o governo também "está trabalhando na qualidade da educação que eles recebem".

    Mais:

    Polícia invade ocupações e prende estudantes sem ordem judicial em São Paulo
    #OcupaTudo: Estudantes da Unicamp ocupam reitoria contra golpe e cortes
    Chile terá ensino superior parcialmente gratuito
    Michelle Bachelet: 10 anos de poder e mil desafios no Chile
    Tags:
    reforma educacional, polícia, invasão, educação, protestos, manifestações, estudantes, Palácio de La Moneda, Michelle Bachelet, Santiago, Chile
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik