19:19 16 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    005
    Nos siga no

    Um juri da Arábia Saudita condenou a quatro e dois anos, respectivamente, dois usuários do Twitter por causa de suas postagens de apoio ao grupo terroristas Daesh e de insultos às autoridades do país, informou neste domingo o jornal saudita Al Sabak.

    O primeiro cidadão ficará preso por quatro anos e terá de pagar uma multa de quase US$ 12 mil por ter elogiado as operações do Daesh no Iraque e na Síria e por ter proferido insultos aos governantes do país.

    Além disso, depois de recuperar a liberdade, ele não poderá viajar ao exterior durante o tempo equivalente a seu período na cadeia.

    O outro cidadão ficará preso por dois por ter insultado a família real. Ele também sofrerá 80 chicotadas por consumo de álcool.

    Mais:

    Exército iraquiano pede a cidadãos de Faluja ocupada por Daesh para deixarem a cidade
    EUA adicionam filiais do Daesh à sua lista de organizações terroristas
    Terror: Militantes do Daesh dissolvem 25 civis em ácido nítrico
    Tags:
    Arábia Saudita, Twitter, Daesh, prisão, chicotadas, insulto, Internet
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar