02:16 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente russo Vladimir Putin e presidente norte-americano Barack Obama reunem-se nas margens da cúpula do G20, México, 18 de junho de 2012

    Obama acusa a Rússia de novo

    © AP Photo / Carolyn Kaster
    Mundo
    URL curta
    46147
    Nos siga no

    A Rússia não parece interessada no desarmamento nuclear, disse o presidente dos EUA, Barack Obama, em entrevista ao canal NHK, na véspera de sua visita ao Japão, onde 26 e 27 de maio será realizada a cúpula do Grupo dos Sete (G7).

    O líder lembrou que, durante a sua presidência, ele conseguiu assinar com Moscou o novo Tratado de Redução de Armas Estratégicas (START-3), documento que permitiu reduzir a capacidade nuclear de ambos os países.

    "Eu acho que nós podemos ir mais longe, mas até agora a Rússia não expressou interesse em fazer mais", disse Obama.

    O presidente americano também ressaltou que, no Japão, não vai pedir desculpas pelo bombardeio nuclear de Hiroshima.

    "Cada dirigente toma decisões difíceis, especialmente em tempos da guerra", enfatizou Obama.

    Mais:

    Obama promete não intervir na política depois da demissão
    Sobreviventes de Hiroshima esperam desculpas de Obama
    Casa Branca: EUA não pedirão desculpas por Hiroshima
    Tags:
    política internacional, corrida armamentista, desarmamento, Vladimir Putin, Barack Obama, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar