00:47 22 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Cidade antiga de Palmira (Síria)

    Museu da Rússia ajudará a restaurar Palmira

    © Sputnik / Mikhail Voskresensky
    Mundo
    URL curta
    Síria depois de Palmira (73)
    341
    Nos siga no

    O Museu Hermitage da Rússia pretende ajudar a restaurar a cidade antiga de Palmira após sua libertação do Daesh.

    O Museu Hermitage da Rússia, localizado em São Petersburgo, está planejando participar de todas atividades possíveis para restaurar a cidade síria de Palmira, declarou neste sábado o chefe do museu, Mikhail Piotrovsky.

    “O Hermitage participará de todos trabalhos propostos e realizados — desde análise do solo até a restauração de memoriais, esculturas e assim por diante”, disse Piotrovsky a jornalistas.

    Piotrovsky apontou também que os trabalhos começarão apenas quando a região estiver segura.

    No dia 27 de março, forças leais a Damasco, apoiadas pelas Forças Aeroespaciais da Rússia, libertaram a cidade de Palmira do Daesh dez meses após sua captura. O grupo terrorista destruiu parte significativa das ruínas históricas da cidade, que foi declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

    Segundo estimativas preliminares, um quinto de Palmira foi destruído, e pode levar até cinco anos para que a cidade seja restaurada.

    Tema:
    Síria depois de Palmira (73)

    Mais:

    Especialistas russos lideram processo de desminagem em Palmira
    Restauração de Palmira levará de 5 a 7 anos, diz representante da Rússia junto à UNESCO
    Músico russo dá concerto sinfônico em Palmira (VÍDEO AO VIVO)
    Tags:
    ajuda, cidade, restauração, Museu Hermitage, Rússia, Palmira
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar