11:04 21 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Forças de segurança iraquianas em guarda na fortificada Zona Verde de Bagdá diante de manifestantes e seguidores do clérigo xiita Muqtada al-Sadr (26 de abril de 2016).

    Invasão da Zona Verde de Bagdá: Forças de segurança abrem fogo contra manifestantes

    © AP Photo/ Karim Kadim
    Mundo
    URL curta
    129707

    O exército do Iraque impôs um toque de recolher em Bagdá depois que as forças de segurança do país abriram fogo contra manifestantes que entraram na fortificada Zona Verde da cidade, segundo informou a televisão estatal iraquiana nesta sexta-feira (20).

    Dezenas de pessoas ficaram feridas nos confrontos, informou a Reuters, citando testemunhas.

    Os manifestantes incluem simpatizantes do poderoso clérigo xiita muçulmano Muqtada al-Sadr, bem como outros grupos descontentes com o fracasso do governo em garantir a segurança e aprovar reformas anticorrupção no país.

    Situada no centro de Bagdá, a Zona Verde abriga, além do parlamento, o palácio presidencial e o gabinete do primeiro-ministro, assim como inúmeras embaixadas.

    Mais:

    Carro-bomba mata 50 pessoas em Bagdá
    Forças iraquianas começam a liberar arredores de Bagdá do Daesh
    Exército do Iraque prepara ofensiva contra Faluja (VÍDEO)
    Irã cancela voos ao Iraque após protestos no parlamento em Bagdá
    Tags:
    invasão, forças de segurança, armas de fogo, corrupção, manifestantes, toque de recolher, Muqtada al-Sadr, Bagdá, Iraque, Zona Verde de Bagdá
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik