15:33 22 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Casa Branca à noite

    Casa Branca não quis comentar proposta russa de ataques aéreos conjuntos na Síria

    © AFP 2017/ SAUL LOEB
    Mundo
    URL curta
    547623

    Casa Branca não quis comentar a proposta da Rússia de ataques aéreos conjuntos na Síria e solicitou pressão de Moscou sobre autoridades sírias para que estas não violem o regime de cessar-fogo, disse aos jornalistas o porta-voz da administração norte-americana, Eric Schultz.

    "Consideramos que, se a Rússia quiser fazer algo no sentido de combater a Frente al-Nusra n Estado Islâmico, a primeira tarefa da sua lista deve ser conseguir que Assad respeite o regime de cessar-fogo na Síria", disse Schultz. 

    "Por enquanto, não podemos emitir comentários relativos à quaisquer outros passos", concluiu o representante da Casa Branca.

    Nesta sexta-feira o ministro da Defesa, Sergei Shoigu, disse que a Rússia porpõe aos EUA, a partir do dia 25 de maio, iniciar atividades conjuntas de planejamento e realização de ataques aéreos às tropas da Frente al-Nusra e grupos armados ilegais na Síria. Além disso, a Rússsia se reserva ao direito, segundo o ministro, de realizar ataques unilaterais contra terroristas que não respeitarem o cessar-fogo. 

    Mais:

    Rússia atacará unilateralmente grupos que não respeitarem cessar-fogo na Síria
    Le Pen defende diálogo com a Rússia sobre Síria
    Rússia registra cinco violações do cessar-fogo na Síria
    Visão estratégica: qual será o passo seguinte da Rússia na Síria?
    Kremlin: Rússia adota postura responsável na Síria e chama outros a fazê-lo também
    Tags:
    Casa Branca, Eric Schultz, Síria, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik