22:54 18 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Sapadores russos trabalham na parte histórica de Palmira, Síria, 2016

    Missão cumprida: Sapadores russos terminam desminagem em Palmira

    © REUTERS/ Russian Ministry of Defence
    Mundo
    URL curta
    Síria depois de Palmira (73)
    4777191

    A Força Aeroespacial da Rússia cumpriu plenamente a sua missão, tendo neutralizado cerca de 19 mil explosivos e examinado cerca de 116 km de estradas, comunica o Ministério da Defesa russo.

    O ministro russo frisou que os sapadores já voltaram à Rússia, e só um grupo que realiza o treinamento de soldados da Síria está permanecendo aí.

    “Os sapadores do Centro Internacional de Desminagem das Forças Armadas cumpriram plenamente a sua missão em Palmira. Uma área de 825 hectares foi examinada, bem como cerca de 116 km de estradas. Cerca de 19 mil explosivos foram neutralizados”, disse Shoigu.

    Engenheiros russos desminam Palmira, Síria
    © Foto: Ministério da Defesa da Rússia
    No dia 27 de março as forças do governo da Síria, apoiadas pelas forças aeroespaciais da Rússia tinham libertado a cidade de Palmira do Daesh, depois de 10 meses da sua conquista pelos terroristas. O grupo terrorista destruiu uma parte significante de ruínas históricas de Palmira, que são considerados como o Patrimônio mundial da UNESCO.

    Depois da libertação de Palmira em 27 de março, a Rússia tinha enviado aí a sua brigada antibombas e robôs especializados imediatamente depois da reconquista da cidade.

    Tema:
    Síria depois de Palmira (73)

    Mais:

    EUA não planejam cooperar com a Rússia para defender Palmira dos terroristas
    Defesa russa desmente criação de base em Palmira
    Tags:
    desminagem, missão, libertação, Centro Internacional de Desminagem das Forças Armadas, Palmira, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik