15:46 22 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Deputados do partido governista turco e da formação pró-curda HDP no parlamento em Ancara, Turquia: 27 de abril de 2016

    Parlamento turco aprova lei de imunidade 'anticurda'

    © REUTERS/ Stringer
    Mundo
    URL curta
    0 22802

    O Parlamento turco aprovou nesta sexta-feira (20) uma lei que priva os legisladores de imunidade.

    A iniciativa foi aprovada por 376 dos 550 deputados, o que dispensa a necessidade de referendo para aprovar a mudança constitucional, segundo a Reuters. 

    De acordo com a oposição pró-curda, a lei é dirigida contra suas fileiras no Parlamento e ameaça tornar nula sua presença legislativa.

    A medida foi apoiada pelo Partido da Justiça e Desenvolvimento, que detém o poder, e entrará em vigor assim que for assinada pelo presidente turco, Recep Tayyip Erdogan.

    O chefe de Estado acusou membros do Partido Democrático dos Povos (HDP), o terceiro com mais representação no Parlamento turco, de apoiar milícias curdas. A acusação é negada pela formação legislativa pró-curda, que vê na privação de imunidade parlamentar parte de uma estratégia do presidente para minimizar a presença política do HDP e consolidar o partido governista no poder.

    Um dos líderes do HDP, Selahattin Demirtas, disse que a medida vai gerar mais violência e minará ainda mais o processo democrático na Turquia.

    Mais:

    PKK detona uma tonelada de explosivos e mata quatro militares na Turquia
    Filha do presidente da Turquia casa com dono de empresa de armamentos
    Explosão de mais um carro-bomba na Turquia deixa 4 mortos e 17 feridos
    Turquia absolve assassino do piloto do Su-24 abatido
    Turquia bombardeia cidade curda usando munição proibida
    Tags:
    imunidade parlamentar, perseguição, violência, curdos, lei, Partido da Justiça e Desenvolvimento, Parlamento, Partido Democrático do Povo (HDP), Selahattin Demirtas, Recep Tayyip Erdogan, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik