08:38 21 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente russo Vladimir Putin, ministro das Relações Exteriores russo Sergei Lavrov, e Secretário dos EUA, John Kerry na Assambleia Geral da ONU em 28 de setembro, 2015

    Relações russo-americanas são ‘anormais’, mas ainda não de Guerra Fria

    © Sputnik/
    Mundo
    URL curta
    213

    As relações russas com o Ocidente não são como as que havia no tempo da Guerra Fria, mas também não são normais, disse o vice representante permanente da Rússia na ONU, Vladimir Safronkov.

    “Eu não falaria de Guerra Fria, mas de relações anormais entre o Ocidente e a Rússia”, disse Safronkov.

    O alto responsável destacou que não compartilha a opinião de alguns analistas de que as relações entre os dois países estão no nível da Guerra Fria.

    As relações russo-americanas se deterioram na altura da crise de 2014 e do conflito posterior na Ucrânia entre o governo de Kiev e requerentes da autonomia da parte oriente do país, quando  Washington, Bruxelas e os seus aliados acusaram Moscou de interferência no conflito ucraniano e introduziram alguns ciclos de sanções.

    A Rússia recusou as alegações e, por sua vez, introduziu, em agosto de 2014, um embargo de alimentos provenientes dos Estados que impuseram sanções antirussas. O embargo de um ano já foi prolongado.

    Tags:
    sanções, relações, G20, G8, Bruxelas, Kiev, Ocidente, Moscou, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik