01:57 21 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    LondresDonald Trump - presidenciável dos EUA. 10 de maio, 2016

    Trump: relações com Grã-Bretanha podem se deteriorar

    © flickr.com / Rick Hope © AP Photo / Mary Altaffer
    1 / 2
    Mundo
    URL curta
    765

    Se o candidato à presidência norte-americana Donald Trump for eleito, as relações entre EUA e Grã-Bretanha podem se deteriorar.

    O candidato do Partido Republicano admitiu que, caso seja eleito, as críticas por parte do premiê britânico David Cameron podem agravar as relações entre os dois países.

    Recentemente Trump chamou a proibir a entrada de muçulmanos nos EUA e declarou que em Londres "há lugares com tal nível de radicalização, que os policiais temem por sua própria vida".

    Tais declarações do político e bilionário americano foram avaliadas por Cameron como "estúpidas e erradas". O premiê britânico notou também que não tem planos de se desculpar frente a Trump pela sua opinião.

    "Parece que não vamos ter boas relações. Eu espero que as nossas relações sejam boas, mas parece que ele também não está pronto para resolver este problema", declarou Trump na entrevista ao canal de TV britânico ITV.

    Esta declaração foi feita em resposta à pergunta sobre as possíveis relações com o primeiro-ministro britânico em caso de vitória de Trump nas eleições presidenciais nos EUA.

    Além disso, aproveitando da possibilidade durante a entrevista à mídia britânica, o presidenciável americano sublinhou mais uma vez que a Grã-Bretanha ficaria melhor sem a União Europeia.

    Lembramos que a votação pela permanência ou saída do Reino Unido do bloco europeu será realizada no país em 23 de junho.

    Mais:

    Trump: imigrantes podem voltar a realizar atentados nos EUA do tipo 9/11
    Tags:
    eleições presidenciais, diplomacia, Donald Trump, David Cameron, Grã-Bretanha, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik