13:23 06 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    2101
    Nos siga no

    A delegação oficial de parlamentares crimeanos, que chegará este domingo a Pequim, tem planos de discutir com empresários chineses um leque de assuntos da cooperação econômica, disse o governador da Crimeia, Sergei Aksyonov.

    Espectadores assistem a reconstrução histórica de liberação da cidade de Simferopol de nazistas, Crimeia, Rússia, maio de 2016
    © Sputnik / Sergei Malgavko
    O representante permanente desta região russa junto doa presidente da Rússia, Georgy Muradov, tinha revelado anteriormente que a delegação chefiada pelo presidente do parlamento regional, Vladimir Konstantinov, estará na China entre 16 e 18 de maio para uma apresentação do potencial turístico e de investimentos da península. Farão parte da delegação vice premiês da Crimeia Georgy Muradov e Vitaly Nakhlupin, ministro regional de turismo Sergei Strelbitsky, vários deputados, diretores de maiores bancos da região, assim como o reitor da Universidade Federal da Crimeia Sergei Donich e presidente da fundação Forum Internacional Econômico de Yalta, Sergei Lazutkin.

    “Eles discutirão assuntos meramente econômicos com os empresários chineses. Deve ocorrer esta viagem daqui a pouco – já no domingo estarão na China”, disse Aksyonov.

    O presidente do parlamento republicano Konstantinov disse na véspera esperar a intensificação da cooperação com Crimeia por parte dos empresários chineses.

    Mais:

    Estaleiros da Crimeia vão construir novo navio de guerra
    Putin lança construção da última fase da linha elétrica para Crimeia
    Rússia, China, Venezuela e Angola boicotam reunião informal da ONU sobre a Crimeia
    Tags:
    negócios, diplomacia, cooperação, Sergei Aksyonov, Pequim, Crimeia, China, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar