18:28 31 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    663712
    Nos siga no

    O repórter da Sputnik Andrei Ivanov, que acompanhou o congresso partidário em Pyongyang, se juntou à alegria dos participantes do desfile.

    A promessa de transformar a Coreia do Norte em "um paraíso na Terra" foi anunciada na palestra de hoje proferida por Kim Yong-nam, presidente da Mesa-Diretora da Assembleia Superior Popular da República Democrática Popular da Coreia antes do desfile na ocasião do sétimo congresso do Partido dos Trabalhadores da Coreia, da tribuna em frente do palácio na Praça Kim Il-sung na capital norte-coreana.

    Os desfiles na Coreia do Norte parecem aquelas das festas da União Soviética. Porém, as medidas de segurança na Coreia são mais rígidas. Jornalistas estrangeiros, reunidos em grupo separado, foram autorizados a estar na Praça Kim Il-sung depois da verificação minuciosa do equipamento e revista de conteúdo das mochilas e bolsos.

    O evento começou às 10 em ponto com a chegada à tribuna do dirigente do país, Kim Jong-un, agora Presidente do Partido dos Trabalhadores da Coreia. Foi saudado por gritos "Manse!" ("Muitos anos de vida!"), salvas de tiros e lançamento de balões coloridos. Depois do lançamento dos balões e dos intermináveis aplausos, foi dado palco a Kim Yong-nam, o presidente da Mesa, que proferiu sua palestra de abertura durante trinta minutos. Resumindo, chamou ao recente congresso do partido uma contribuição importante para o desenvolvimento da ideologia de juche (doutrina de autossuficiência), que ajuda o povo da Coreia do Norte, sob orientação do Partido dos Trabalhadores da Coreia, a tornar o seu país um paraíso na Terra e potência global desenvolvida, apesar dos obstáculos americanos.

    Depois do discurso de Kim Yong-nam, começou o desfile. Os norte-coreanos, em roupas típicas de festa e gritando "Manse!", "Kim Il-sung!", "Kim Jong-il!", e "Kim Jong-un!", iam desfilando na frente das tribunas. Carros especiais transportavam cartazes com lemas "Assembleia de vencedores" e "Política Songun" (o Exército em primeiro lugar) entre outros, assim como os modelos de mísseis balísticos e naves espaciais.

    • Salvas comemorativas em Pyongyang, em 11 de maio de 2016
      Salvas comemorativas em Pyongyang, em 11 de maio de 2016
      © Sputnik / Andrei Ivanov
    • Um foguete espacial norte-coreano é mostrado em Pyongyang durante o desfile militar de 11 de maio de 2016
      Um foguete espacial norte-coreano é mostrado em Pyongyang durante o desfile militar de 11 de maio de 2016
      © Sputnik / Andrei Ivanov
    • Jornalistas e pessoas presentes no centro de Pyongyang durante o desfile militar de 11 de maio saúdam o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un
      Jornalistas e pessoas presentes no centro de Pyongyang durante o desfile militar de 11 de maio saúdam o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un
      © Sputnik / Andrei Ivanov
    • Um veículo militar mostra um míssil balístico na principal praça de Pyongyang durante desfile de 11 de maio de 2016
      Um veículo militar mostra um míssil balístico na principal praça de Pyongyang durante desfile de 11 de maio de 2016
      © Sputnik / Andrei Ivanov
    • Músicos militares da Coreia do Norte descansam antes de participar do desfile, em 11 de maio de 2016
      Músicos militares da Coreia do Norte descansam antes de participar do desfile, em 11 de maio de 2016
      © Sputnik / Andrei Ivanov
    1 / 5
    © Sputnik / Andrei Ivanov
    Salvas comemorativas em Pyongyang, em 11 de maio de 2016

    Às 19 horas começou na mesma praça um show musical, que com o cair da noite foi transformado em um espetáculo de luz: milhares de jovens com tochas faziam movimentos sincronizados escrevendo "Songun", "Kim Il-sung", "Potência Nuclear", etc. Como conseguiram tal sincronia e precisão – só Deus sabe. Mas nossos guias no asseguraram que as preparações não deveriam ter exigido muito tempo dos estudantes. Pois, primeiramente, precisam de estudar, porque ignorantes e analfabetos, com certeza, não conseguirão de jeito nenhum tornar seu país num paraíso na Terra.

    Mais:

    Ganhadores do Nobel pedem alívio de sanções contra Coreia do Norte
    Líder norte-coreano não exclui reunificação pela força com Coreia do Sul
    General norte-coreano 'executado' pela mídia ocidental aparece no Congresso do Partido
    Fotos de satélite mostram que Coreia do Norte pode estar preparando mais um teste nuclear
    Tags:
    Juche, Songun, Congresso do Partido dos Trabalhadores da Coreia, Partido dos Trabalhadores da Coreia, Kim Jong-il, Kim Yong-Nam, Kim Il-sung, Kim Jong-un, Pyongyang, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar