01:32 13 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    110
    Nos siga no

    Por iniciativa do Instituto de Memória Nacional, na Polónia será criado o museu ao ar livre, que irá recolher os monumentos soviéticos desmontados.

    O Instituto polonês de Memória Nacional quer criar um museu com os monumentos soviéticos que têm sido retirados das ruas. De acordo com o chefe do departamento de educação do Instituto Andrei Zavistovsky, nos últimos anos a população polonesa tem questionado o que fazer com os monumentos soviéticos desmontados. Surgiu a ideia de reunir os testemunhos do passado comunista em um único lugar e criar um museu ao ar livre, mostrando a história de criação desses monumentos e por que foram desmantelados.

    O vice-diretor do Instituto, Pavel Ukelsky, destacou por sua vez que o objetivo do museu, acima de tudo, é educacional. Mas, ao mesmo tempo ele faz declarações contestáveis sobre o passado soviético:

    "O museu não será uma ‘Disneyland nostálgica’, mas um espaço em que os jovens podem aprender a História e entender que estes monumentos, chamados ‘monumentos de gratidão ao Exército Vermelho’, eram símbolos de escravização da Polônia pela União Soviética", disse ele.

    No dia 9 de maio uma delegação do Instituto se reunirá com as autoridades da cidade de Borne Sulinowo (na região polonesa de Pomerânia Ocidental), que propõem criar este museu no seu município, onde desde os tempos da República Popular da Polónia estava situada uma base das tropas soviéticas. A segunda opção é a região de Czerwony Bór, perto da cidade de Lomza.

    Mais:

    Cerca de 250 mil pessoas vão a manifestação pró-democracia na Polônia
    Motoqueiros russos homenageiam soldados soviéticos na Polônia
    Demolição de monumentos soviéticos é ‘teste para relação’ com a Polônia, diz embaixador
    Tags:
    história, monumentos, URSS, Polônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar