05:22 24 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    285
    Nos siga no

    O presidente da Bolívia, Evo Morales, acusou o governo do Chile de mostrar “contradições” em referência à suposta instalação de uma base militar no país vizinho perto da fronteira.

    Há uma “contradição de autoridades chilenas em documentos oficiais (…) Há uma base militar, como confirmam as Forças Armadas, o comandante da região e o ministro da Defesa, (mas) o chanceler (chileno) diz outra cosa”, declarou Morales, citando o chanceler chileno, Heraldo Muñoz.

    Morales assegurou que relatórios do próprio Ministério da Defesa chileno confirmam a existência de uma base militar no país a 15 quilômetros da fronteira com a Bolívia.

    “A boa vizinhança não se constrói com mísseis nem com tanques de guerra”, disse Morales em entrevista coletiva no Palácio de Governo.

    O chanceler chileno havia negado a instalação da base e declarou que o governo chileno apenas intensificou a patrulha na zona limítrofe “para impedir os ataques contra civis, roubos, contrabando e narcotráfico” provenientes da Bolívia.

    Mais:

    Presidentes da Venezuela e Bolívia questionam a legalidade do impeachment
    PRF intercepta três ônibus vindos da Bolívia para manifestações do impeachment em Brasília
    Chanceler da Bolívia reivindica em Moscou saída soberana ao mar
    Tags:
    contradição, base militar, denúncia, Evo Morales, Chile, Bolívia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar