18:31 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Bandeira soviética

    Mídia americana frisa papel ‘fundamental‘ da URSS na Segunda Guerra Mundial

    © Sputnik/ Vladimir Semenyuk
    Mundo
    URL curta
    113549501

    Enquanto em 9 de maio na Rússia haverá celebrações em grande escala para marcar o 71º aniversário da derrota da Alemanha nazista na Segunda Guerra Mundial, nos EUA o evento passa despercebido para muitos, de acordo com o Washington Post.

    No entanto, muitos norte-americanos continuam a crer que foi o seu país que derrotou Hitler, enquanto o Exército Vermelho soviético serviu só de “auxiliar”.

    O jornalista do The Washington Post Michael Birnbaum faz lembrar que "ao contrário dos Estados Unidos, que teve dois oceanos que, em grande parte, o isolaram de ataques depois de Pearl Harbor, a Rússia foi sitiada, bombardeada, invadida e voltada a invadir durante a Segunda Guerra Mundial".

    "Então, o Exército Vermelho rumou para Berlim e desempenhou um papel fundamental na derrubada de Adolf Hitler," destaca Birnbaum.

    Para os russos, este dia tem muita importância já que quase todas as famílias foram afetados pela Segunda Guerra Mundial. Os historiadores ainda não são capazes de determinar o número preciso das vítimas da guerra, mas ultrapassa certamente os 28 milhões de pessoas.

    No Dia da Vitória na Segunda Guerra Mundial, a ação Regimento Imortal abrangeu toda a Rússia. Os participantes marcham com fotografias dos seus parentes que combateram contra o fascismo e o nazismo, contribuindo para a vitória, há 70 anos.
    © Sputnik/ Host photo agency/Vladimir Pesnya
    Além disso, o jornalista mencionou as marchas de filhos e netos de veteranos da Segunda Guerra Mundial, realizadas a 9 de maio na Rússia e em vários outros países. Nestas iniciativas, os descendentes dos soldados marcham carregando cartazes com fotos dos seus avôs.

    "Apesar das centenas de lançadores de mísseis, aviões e canhões antiaéreos que rolam pela Praça Vermelha todos os anos, muitos russos dizem que o verdadeiro significado do feriado é mais pessoal, 71 anos após o fim da guerra", disse Birnbaum.

    De acordo com uma das últimas pesquisas do projeto Sputnik-Opinião, a maioria dos habitantes dos EUA (79%), da França (58%) e metade dos alemães (50%) julgam que foi o exército dos Estados Unidos que liderou o combate e a vitória sobre o nazismo. Somente 15 por cento dos respondentes referiram a URSS.

    No total, de acordo com várias estimativas, o Exército Vermelho libertou quase 50 por cento dos países que compõem a Europa atual, sem contar a parte europeia da Rússia, e sofreu mais baixas do que qualquer outra força na guerra.

    Mais:

    Defender a pátria e escapar da morte: A história de um veterano da Segunda Guerra Mundial
    Foreign Policy: presidente ucraniano permite reeditar história da Segunda Guerra Mundial
    Motores da Guerra: Coleção Exclusiva de Veículos da Segunda Guerra Mundial em Moscou
    Tags:
    Segunda Guerra Mundial, URSS, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik