17:41 22 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Um barco de pesca chinês no mar da China Oriental

    Colisão entre navio chinês e maltês faz pelo menos dois mortos

    © AP Photo/ Xinhua, Wang Cunfu, File
    Mundo
    URL curta
    133004

    Vinte tripulantes de um navio de Malta foram detidos pelas autoridades chinesas na sequência da colisão com um barco de pesca chinês no mar da China Oriental.

    No Dia da Vitória na Segunda Guerra Mundial, a ação Regimento Imortal abrangeu toda a Rússia. Os participantes marcham com fotografias dos seus parentes que combateram contra o fascismo e o nazismo, contribuindo para a vitória, há 70 anos.
    © Sputnik/ Host photo agency/Vladimir Pesnya
    O barco chinês, Lu Rong Yu 58398, foi abalroado pelo navio maltês às primeiras horas de sábado (7) junto à costa de Ningbo na província de Zheijang. Pelo menos 2 dos 19 membros da tripulação da embarcação chinesa morreram, enquanto outros 17 estão desaparecidos. 

    Vinte tripulantes do graneleiro Catalina, cujas nacionalidades não foram ainda determinadas, foram detidos em Ningbo e agora estão apresentando as evidências às autoridades chinesas, comunica a agência chinês Sina.

    ​Seis navios chineses estão realizando as operações de busca e salvamento na área do acidente, junto com embarcações da Guarda Costeira e de vários barcos de pesca.

    Mais:

    China cooperará com Rússia independentemente da situação no mundo
    China explica a Obama quem ‘deve escrever as regras do comércio internacional’
    Tags:
    colisão, barco pesqueiro, mortos, busca, navio, Malta, Mar da China Oriental, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik