00:07 15 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    15214
    Nos siga no

    No Congresso do Partido dos Trabalhadores, o líder norte-coreano prometeu não usar armas nucleares a não ser que a soberania do país seja ameaçada.

    O líder norte-coreano, Kim Jong Un, prometeu no congresso de seu partido, não usar armas nucleares a não ser que a soberania do país seja ameaçada, informou a imprensa sul-coreana neste domingo.

    Kim Jong Un disse também que Pyongyang faria esforços para promover a não-proliferação global, informou a agência de notícias Yonhap, reportando sobre o congresso do Partido dos Trabalhadores da Coreia do Norte.

    Na sexta-feira, o líder norte-coreano havia elogiado o teste nuclear e o lançamento de um satélite — ambos com sucesso — do país, “elevando a dignidade e a força nacional do país.”

    A tensão na Península da Coreia aumentou após a Coreia do Norte realizar com sucesso um teste com uma bomba de hidrogênio em janeiro. No mês seguinte, o país colocou em órbita um satélite, violando resoluções do Conselho de Segurança da ONU. A manobra foi condenada pela comunidade internacional.

    Mais:

    Primeiro congresso do partido em Pyongyang em 36 anos: jornalistas são barrados na porta
    Mistério subterrâneo de Pyongyang: fotos do metrô norte-coreano
    Pyongyang terminará testes nucleares se EUA encerrarem exercícios com a Coreia do Sul
    Tags:
    promessa, não-proliferação, armas nucleares, soberania, Partido dos Trabalhadores da Coreia, Kim Jong-un, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar