10:39 07 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    329
    Nos siga no

    Manifestantes italianos pró-refugiados e contra a polícia usaram explosivos em um protesto na fronteira austro-italiana neste sábado, informa a agência ANSA.

    Mais cedo, centenas de integrantes dos Black Blocs italianos, juntamente com ativistas de Áustria, Alemanha e Espanha, se reuniram para um protesto no Passo do Brennero para uma manifestação contra o plano austríaco de construir uma cerca para impedir o acesso de imigrantes.

    A polícia militar italiana precisou de defender dos ativistas de esquerda com cacetetes e escudos. Gás lacrimogêneo também foi utilizado. Os embates deixaram pelo menos um policial e dezenas de manifestantes feridos.

    O Passo do Brennero, localizado na zona sem fronteiras de Schengen, vem sendo usado por refugiados que rumam para países mais ricos, no norte da Europa. No fim de abril, a polícia federal austríaca anunciou os planos do país de construir uma cerca no Passo para impedir a entrada de imigrantes sem identificação.

    A agência da ONU para refugiados estima que mais de 17 mil imigrantes chegaram à Itália nos três primeiros meses de 2016, após cruzarem o Mar Mediterrâneo. A maioria vem de países do Oriente Médio e do norte da África.

    Mais:

    Frente al-Nusra pode ser responsável por ataque contra campo de refugiados na Síria
    Nadador sírio representa refugiados de guerra em revezamento da tocha Rio 2016 na Grécia
    Noruega oferece 'prêmio' para refugiados que deixarem o país
    Tags:
    manifestantes, explosivos, protesto, refugiados, Passo do Brennero, Áustria, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar