02:36 10 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    203
    Nos siga no

    O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, falou em “momento de virada” na crise de imigração após acordo entre UE e Turquia, que ajudou a reduzir de modo significativo o fluxo de refugiados para a Europa.

    “Estamos em um ponto de virada. O acordo com a Turquia está mostrando o seu efeito e o número de refugiados está caindo de modo significativo”, disse Juncker em entrevista às publicações do grupo alemão Funke.

    “As barreiras podem atrapalhar os refugiados no seu caminho, mas nenhuma barreira ou parede será suficiente para assustar as pessoas no caminho para Europa, se elas estão fugindo da guerra e da violência no seu país”, disse o político, ao comentar os muros na fronteira entre a Grécia e a Macedônia. 

    Bruxelas e Ancara, em 18 de março, celebraram um acordo, segundo qual todos os imigrantes ilegais vindos da Turquia para Grécia seriam devolvidos, em troca do regime de isenção de visto para cidadãos turcos, 3 bilhões de euros e garantia de abrigo aos refugiados da Síria.

    Mais:

    Turquia recebeu 2,7 milhões de refugiados sírios em seu território
    AI: Turquia mata refugiados na fronteira com Síria
    Acordo entre UE e Turquia para conter refugiados é 'inaceitável', diz Espanha
    Anistia Internacional: acordo entre UE e Turquia sobre refugiados é desumano
    Tags:
    imigração ilegal, crise de imigrantes, refugiados, Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, Síria, Europa, União Europeia, Grécia, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar