16:46 25 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0121
    Nos siga no

    Jornalistas estrangeiros em Pyongyang, sem explicação, não foram admitidos no prédio, onde está ocorrendo o VII congresso do Partido dos Trabalhadores da Coreia. Este é o primeiro congresso do partido em 36 anos.

    Os jornalistas convidados por ocasião do congresso, vindos dos EUA, Japão, Espanha, Finlândia e outros países, tiveram a permissão de conversar livremente com os transeuntes e a filmar os arredores da imponente Casa da Cultura 25 de abril, onde está sendo realizado o congresso.

    A pauta do fórum, que deverá durar alguns dias, não foi divulgada. Segundo especialistas, os delegados se debruçarão sobre problemas internos e discutirão medidas de defesa e de desenvolvimento econômico no âmbito das sanções impostas ao país, em consequência do programa nuclear de Pyongyang. O mais provável é que os representantes populares endossem a importância do projeto político atual de Kim Jong-un, voltado para o desenvolvimento econômico e nuclear.

    Além disso, são aguardadas críticas aos EUA, que a imprensa local chama de “grande inimigo da nação coreana”, a Seul e ao Japão.

    Mais:

    Mistério subterrâneo de Pyongyang: fotos do metrô norte-coreano
    Pyongyang terminará testes nucleares se EUA encerrarem exercícios com a Coreia do Sul
    Coreia do Norte proíbe temporariamente casamentos e funerais
    China considera dignas as propostas da Coreia do Norte para atenuação do conflito
    Tags:
    Pyongyang, Coreia do Norte, Kim Jong-un, jornalistas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar