03:58 19 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0112
    Nos siga no

    O primeiro-ministro da Turquia, Ahmet Davutoglu, renunciou devido ao seu distanciamento em relação ao presidente do país, Recep Tayyip Erdogan, segundo relata o jornal The Washington Post nesta quinta-feira (5).

    Davutoglu declarou que não tem “nenhum sentimento de fracasso" ou "remorso" por ter tomado esta decisão e acrescentou que sua renúncia não foi "uma escolha, mas uma necessidade". 

    A renúncia do premiê ocorre em um momento em que a Turquia, país membro da OTAN, enfrenta a insurgência curda no sudeste do país e negocia com a União Europeia meios para gerir os fluxos migratórios no Mar Egeu.

    Mais:

    Daesh avança ao longo da fronteira turco-síria
    Outros não fazem nada: Relatório sobre assassinatos de curdos na Turquia enviado à ONU
    Exército turco combate no centro da ‘capital’ curda
    Erdogan diz que acordo comercial entre EUA e UE vai prejudicar a Turquia
    Acordo entre UE e Turquia para conter refugiados é 'inaceitável', diz Espanha
    Militares turcos continuam matando refugiados na fronteira com a Síria
    Tags:
    Turquia, União Europeia, Ahmet Davutoglu, Recep Tayyip Erdogan, OTAN, renúncia, distanciamento, refugiados, curdos, fluxos migratórios
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar