13:36 11 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Frank-Walter Steinmeier, ministro de Relações Exteriores da Alemanha

    Alemanha sedia negociações de paz sírias

    © AP Photo / Michael Sohn, pool
    Mundo
    URL curta
    0 01
    Nos siga no

    A Alemanha sedia nesta quarta-feira (4) um encontro entre o enviado especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, e o negociador-chefe da oposição síria, Riad Hijab, para relançar o processo de negociações de paz.

    A reunião será realizada na sede da chancelaria alemã, e também contará com a participação dos ministros das Relações Exteriores da Alemanha e da França, Frank-Walter Steinmeier e Jean-Marc Ayrault, respectivamente.

    De acordo com um comunicado do ministério alemão, as discussões incidirão sobre "como criar as condições para dar continuidade às conversações de paz sobre a Síria", as quais passam por "reduzir a violência e melhorar a situação humanitária" derivada dos ataques terroristas no país.

    Ontem (3), o centro de coordenação da base russa de Hymeimim, no noroeste da Síria, informou que as violações do cessar-fogo por grupos terroristas somaram 470 casos desde fevereiro passado. Grupos ligados à Frente al-Nusra, particularmente, persistem em ofensivas com mísseis de longo alcance em bairros residenciais de Aleppo, a cidade mais povoada do país árabe.

    Um menino em bicicleta em uma rua na cidade síria de Homs
    © Sputnik / Mikhail Voskresenskiy
    As vítimas dos ataques terroristas chegam a 50 mortos e mais de 100 feridos apenas na última semana.

    Apesar das violações ao pacto de cessar-fogo estabelecido com a mediação da Rússia e dos EUA em 27 de fevereiro (o qual não incluiu grupos terroristas como a Al-Nusra e o Daesh, autodenominado Estado Islâmico), o processo de negociação e reconciliação entre as partes continua por toda a Síria com 85 cidades incluídas na trégua e 52 grupos armados que suspenderam as hostilidades em todo o país.

    Mais:

    Rússia registra mais dez violações ao cessar-fogo na Síria
    ONU: Síria teve mais de 250 hospitais atacados desde o início do conflito
    Ahrar al-Sham e Yeish al-Islam tentam minar regime de trégua na Síria
    Conselho de Segurança da ONU se reúne para discutir situação em Aleppo
    Lavrov: Rússia e EUA concordam sobre possível cessar-fogo em Aleppo
    Tags:
    hostilidades, grupos terroristas, negociações de paz, bombardeios, crise humanitária, cessar-fogo, trégua, guerra, Daesh, Frente al-Nusra, Estado Islâmico, Riad Hijab, Jean-Marc Ayrault, Staffan de Mistura, Frank-Walter Steinmeier, Aleppo, Síria, Alemanha, EUA, França, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar