16:13 16 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Manny Pacquiao, boxeador filipino

    Boxeador filipino é alvo dos terroristas do Daesh

    © AFP 2019 / NOEL CELIS
    Mundo
    URL curta
    0 01

    O famoso pugilista filipino Manny Pacquiao estava entre os alvos de sequestro da organização terrorista Abu Sayyaf, afiliada ao Daesh (autodenominado Estado Islâmico), que na segunda-feira (25) decapitou o refém canadense John Ridsde e mantém vinte estrangeiros como reféns, disse o presidente filipino Benigno Aquino, citado pela NBC News.

    "Aparentemente, planejaram sequestrar Manny Pacquiao ou um de seus filhos", revelou o presidente.

    De acordo com ela, o objetivo do ato era exigir a libertação de alguns dos membros do grupo terrorista que permanecem na prisão. Aquino explicou que sua irmã, a atriz Kris Aquino, também estava entre os alvos e que ele mesmo recebeu ameaças de organização jihadista.

    Mais:

    Lavrov: Expansão do Daesh é o maior desafio para a estabilidade internacional
    Daesh executa 7 civis em gaiolas mergulhadas em piscina de Mossul
    Inteligência dos EUA: Daesh tem células ativas no Reino Unido, na Alemanha e na Itália
    Tags:
    boxeador, reféns, sequestro, Daesh, Estado Islâmico, Benigno Aquino, Manny Pacquiao, Filipinas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar