03:35 17 Junho 2019
Ouvir Rádio
    O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu

    Arábia Saudita terá embaixada em Israel se país aceitar Iniciativa de Paz Árabe

    © AFP 2019 / SEBASTIAN SCHEINER
    Mundo
    URL curta
    923

    Anwar Eshki, general aposentado do Exército saudita, disse esta semana que o seu país está pronto para estabelecer uma embaixada em Tel Aviv, se Israel aceitar o projeto que visa quebrar o impasse diplomático entre Israel e Palestina conhecido como a Iniciativa de Paz Árabe.

    A iniciativa, criada originalmente em 2002, insta Israel a voltar às fronteiras estabelecidas com a Palestina em 4 de junho de 1967 e a receber de volta os refugiados palestinos em troca de ser reconhecido como um Estado por outras nações árabes.

    "Se ele [o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu] anunciar que aceita a iniciativa e outorgar todos os direitos [constitucionais] aos palestinos, a Arábia Saudita vai começar a formar uma embaixada em Tel Aviv", disse Eshki durante uma entrevista com a emissora Al Jazeera.

    Mais:

    Damasco responsabiliza Arábia Saudita e Jordânia por escalada do terrorismo na Síria
    Na Arábia Saudita, Obama e príncipe herdeiro de Abu Dhabi discutiram Iêmen, Líbia e Iraque
    Israel liberta prisioneira palestina de 12 anos de idade
    Polícia israelense mata mulher e adolescente palestinos armados com facas
    Netanyahu ordena punir deputados que consolavam famílias de palestinos mortos
    Tags:
    embaixada, Estado, fronteiras, Iniciativa de Paz Árabe, Benjamin Netanyahu, Oriente Médio, Arábia Saudita, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar