22:15 18 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    A Assembleia Nacional da França

    Revogação das sanções antirrussas na França pode dar bom exemplo

    © AFP 2019 / JOEL SAGET
    Mundo
    URL curta
    3221

    O chefe do Comitê para Assuntos Internacionais da Duma de Estado (câmara alta do parlamento russo), Aleksei Pushkov, acredita que os parlamentos de outros países da União Europeia podem seguir o exemplo da Assembleia Nacional (câmara baixa do parlamento) da França no caminho da revogação das sanções contra a Federação da Rússia.

    Os deputados da Assembleia Nacional da França realizaram a votação nesta quinta-feira (28) e, com a maioria dos votos, adotaram a resolução, proposta pela oposição, que chama o governo a abolir as sanções da UE contra a Federação da Rússia.

    Pushkov afirmou que no momento é difícil dizer com certeza quais países seguem o exemplo da França.

    “Eu admito que o exemplo francês pode ser contagioso, e eu não vou me surpreender se este tipo de resolução aparecer nos parlamentos da Hungria, Eslováquia, Grécia e Áustria, bem como na Itália. Para todos esses países, mesmo ao nível do poder executivo, varias vezes surgiram os pedidos de rever as sanções. Em particular, o presidente da Áustria, um oficial sênior do país, falou abertamente a favor da revogação das sanções”, disse Pushkov à emissora Rossiya 24.

    O parlamentar observou que "seguidores podem aparecer".

    Castelo Lastochkino Gnezdo (Ninho de Andorinhas) na Crimeia
    © Sputnik / Konstantin Chalabov
    As relações entre a Rússia e o Ocidente deterioraram-se por conta da situação na Ucrânia. Em julho de 2014, a UE e os Estados Unidos aplicaram sanções pontuais contra certos indivíduos e empresas da Rússia. Em seguida, foram implementadas medidas restritivas a setores inteiros da economia russa. Em resposta, a Rússia restringiu a importação de produtos alimentares de países que impuseram as sanções. Moscou tem afirmado repetidamente que não tem interferência no conflito interno ucraniano e possui interesse na resolução pacífica do confronto.

    Mais:

    Quase dois anos de sanções: 'Sim, a Rússia pode viver sem a Europa Ocidental'
    Nas sanções europeias anti-russas quem dá as cartas é Washington
    EUA podem prolongar sanções contra Rússia por causa dos Panama Papers
    Tags:
    medidas econômicas, parlamentares, votação, sanções, Parlamento, Duma de Estado, Assembleia Nacional, Aleksei Pushkov, Hungria, Áustria, Eslováquia, União Europeia, Grécia, Itália, EUA, França, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar