01:32 19 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    O tenente Aleksandr Prokhorenko

    Milícias curdas entregam corpo de herói russo perecido na Síria

    © Foto/ Twitter/@AlphaSpecnaz
    Mundo
    URL curta
    Síria depois de Palmira (73)
    10271
    Nos siga no

    Os combatentes das tropas irregulares entregaram o corpo do representante das autoridades russas na Síria, do tenente Aleksandr Prokhorenko, perecido perto de Palmira. O corpo do militar já foi entregado à Rússia, disse à agência RIA Novosti o representante oficial das Forças de Defesa Nacional, Ridur Halil.

    “Os grupos de Defesa Nacional, após pedido do governo da Federação Russa, conseguiram receber o corpo do militar russo, morto perto de Tadmor [nome árabe de Palmira]. Este acordo foi alcançado pelas negociações entre nós e o Daesh [organização terrorista proibida na Rússia]. Esta operação foi feita para objetivos pacíficos”, disse Halil, recusando-se a contar as detalhes.

    Prokhorenko, de 25 anos, estava fornecendo inteligência e coordenando as forças aeroespaciais russas nos ataques a alvos do Daesh em Palmira. Ele ordenou a seus companheiros para realizar um ataque aéreo sobre a sua posição depois de ter sido descoberto e cercado por terroristas do Daesh.

    O Ministério da Defesa da Rússia informou, no dia 24 de março, sobre a morte do oficial russo, de 25 anos, durante a libertação de Palmira. Vladimir Putin concedeu a Aleksandr, postumamente, o título de herói da Rússia.

    A Rússia iniciou as operações militares na Síria em 30 de setembro de 2015 após o pedido do presidente Bashar Assad para atacar posições do grupo Estado Islâmico e da Frente al-Nusra. Em março de 2016, Vladimir Putin anunciou a retirada russa da Síria, que marcou o fim da fase principal da campanha militar lançada há seis meses.

    Tema:
    Síria depois de Palmira (73)

    Mais:

    Rússia registra seis violações a cessar-fogo na Síria
    Exclusivo: 150 militares dos EUA chegam à Síria
    Tanque T-90 russo resiste a ataque de Míssil na Síria (VÍDEO)
    Tags:
    herói, Vladimir Putin, Palmira, Rússia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar