04:57 22 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    805
    Nos siga no

    O presidente dos EUA, Barack Obama, vai considerar a possibilidade de enviar mais tropas para combater os militantes do Daesh no Oriente Médio, se a mais recente missão de cerca de 500 pessoas enviada ao Iraque e à Síria der bons resultados, disse o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, em entrevista coletiva nesta terça-feira (26).

    Militantes do Daesh
    © AP Photo / AP Photo via militant website, File
    "Se este compromisso adicional de tropas adicionais produzir resultados positivos, e o Departamento de Defesa concluir que, mais uma vez, resultados adicionais poderiam ser gerados com um compromisso adicional, então isso é algo que o presidente [Obama] iria considerar", disse Earnest quando perguntado se havia a possibilidade de Washington enviar mais tropas para lutar contra o Daesh (autointitulado “Estado Islâmico) no futuro próximo.

    O porta-voz observou ainda que isto seria algo que Obama e o Pentágono iriam "considerar com muito cuidado devido ao risco significativo que esses operadores especiais estão enfrentando".


    Mais:

    Número de combatentes do Daesh no Afeganistão atinge 10 mil
    Daesh pode estar em Estocolmo planejando ataques
    Coerência surpreendente: Casa Branca confirma envio de 250 militares à Síria
    Pentágono: Soldados dos EUA não participarão de combates diretos na Síria
    Kremlin: diferente dos EUA, presença militar da Rússia na Síria é legítima
    Tags:
    guerra, defesa, tropas, envio, Estado Islâmico, Daesh, Pentágono, Casa Branca, Josh Earnest, Barack Obama, EUA, Iraque, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar