20:50 19 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0291
    Nos siga no

    A Rússia está fornecendo o sistema de defesa aérea S-300 ao Irã antes da data prevista e pode concluir novos acordos com Teerã sobre o fornecimento de armas não proibidas pela lei internacional, disse Aleksandr Fomin, diretor do Serviço Federal de Cooperação Técnico-Militar.

    Em 2007 Moscou e Teerã assinaram um contrato de fornecimento de cinco S-300 ao Irã, no valor total de R$3,204 milhões, suspenso depois da adoção de sansões contra o Irã pelo Conselho da Segurança da ONU, em meados de 2010.

    Em abril de 2015, a Rússia reatou as negociações sobre o fornecimento dos mísseis S-300, na sequência de um acordo-quadro que garantiu a natureza pacífica do programa nuclear de Teerã.

    O primeiro fornecimento teve lugar no início de abril.

    “O fornecimento de S-300 ao Irã está sendo feito de acordo com o planejado, estamos mesmo um pouco adiantados”, disse Fomin aos jornalistas em Moscou.

    Fomin destacou que os novos acordos a serem concluídos com o Irã podem incluir armamento que não está da lista proibida pela ONU, incluindo sistemas de defesa aérea, armas de pequeno calibre e meios de guerra eletrônicos.

    “Podemos fornecer tudo o que não está proibido”, disse o dirigente do Serviço Federal de Cooperação Técnico-Militar.

    Mais:

    EUA são contra a venda de sistemas de defesa antiáerea russos S-300 ao Irã
    Irã mostra os novos mísseis S-300 russos durante desfile militar
    Tags:
    Irã, Rússia, Conselho de Segurança da ONU, S-300, acordo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar