17:56 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Uma criança curda perto da sua casa destruída na cidade de Cizre

    Outros não fazem nada: Relatório sobre assassinatos de curdos na Turquia enviado à ONU

    © AP Photo / Ayse Wieting
    Mundo
    URL curta
    421

    Uma associação de direitos humanos informou que os dados sobre assassinatos em massa de curdos foram enviados à ONU.

    A respectiva informação foi divulgada pelo diretor da associação, Ozturk Turkdogan, durante uma entrevista à agência RIA Novosti. 

    Os dados comunicados ao Escritório do Alto Comissário para os Direitos Humanos (EACDH) das Nações Unidas contêm provas de assassinatos de curdos na cidade turca de Cizre.

    "Eu falei com o chefe do EACDH da ONU sobre a posição russa e sobre tudo o que acontece em Cizre. Nós temos o relatório sobre o que aconteceu lá com informações de testemunhas oculares, que sobreviveram. Nós o entregamos ao Alto Comissário", informou Turkdogan.

    Mais cedo, o canal televisivo RT lançou um apelo à comunidade internacional de prestar atenção aos fatos de mortes de civis em resultado das operações realizadas pelo governo turco no sudeste do país, inclusive em Cizre.

    A campanha da RT foi criada após o canal ter apresentado os dados recolhidos por seus jornalistas a várias grandes organizações internacionais, inclusive a Human Rights Watch, a Anistia Internacional e o Comitê Internacional da Cruz Vermelha. No entanto, nenhuma delas se mostrou interessada na investigação.

    Mais:

    Turquia ataca curdos no norte do Iraque
    Comitê contra tortura da ONU investiga violação dos direitos humanos na Turquia
    Tags:
    curdos, investigação, ONU, Turquia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar