04:33 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    8112
    Nos siga no

    Partidários do Setor de Direita ucraniano tentaram organizar manifestações em massa a fim de realizar um golpe na Rússia, indica um relatório do procurador-geral da Rússia, Yury Chaika.

    Em reunião que terá lugar em 27 de abril no Conselho da Federação, Chaika apresentará o relatório sobre a manutenção da ordem legal e constitucional no país no ano 2015.

    “O acesso às páginas da rede social VKontakte, por meio das quais os partidários do grupo radical nacionalista Setor de Direita tentaram organizar manifestações em massa e ações públicas não autorizadas, com o objetivo de realizar um golpe do Estado na Federação russa, está bloqueado”, indica o relatório.

    O Setor de Direita é um movimento que reúne uma série organizações radicais nacionalistas na Ucrânia. Em janeiro e fevereiro de 2014, membros do grupo participaram de confrontos com a polícia e da invasão de diversos prédios administrativos do país, e desde abril do ano passado promovem a repressão dos independentistas no sudeste ucraniano.

    Em novembro de 2014, a Corte Suprema da Rússia reconheceu o Setor de Direita como uma organização extremista e proibiu a sua atividade em território russo. Em janeiro de 2015, o grupo foi incluído na lista de organizações proibidas na Rússia. O líder do movimento, Dmitry Yarosh, enfrenta igualmente na Rússia acusações de incitação à atividade terrorista.

    Mais:

    Setor de Direita: Patriotas ou bandidos?
    Tags:
    golpe de Estado, relatório, Conselho da Federação, Setor de Direita, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar