23:39 19 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Javad Zarif durante uma coletiva de imprensa em Lausanne

    Irã formará comissão governamental para reaver fundos congelados pelos EUA

    © AFP 2018/ FABRICE COFFRINI
    Mundo
    URL curta
    181

    O governo do Irã formará uma comissão para estudar o uso de seus fundos congelados nos EUA e buscar sua devolução, anunciou nesta segunda-feira (25) o ministro iraniano das Relações Exteriores, Mohammad Javad Zarif.

    O Supremo Tribunal dos Estados Unidos decidiu em 20 de abril que cerca de dois bilhões de dólares de fundos iranianos congelados em território norte-americano seriam pagos aos parentes dos fuzileiros navais mortos no ataque aos quartéis de Beirute em 1983, bem como às famílias das vítimas de outros ataques terroristas que Washington liga a Teerã.

    "O Governo pretende criar uma comissão especial para examinar, em primeiro lugar, como isso pôde acontecer e, em segundo, como evitar casos assim no futuro; em terceiro, como podemos evitar a implementação desta resolução e recuperar nossos ativos", disse Zarif, citado pela emissora IRIB.

    Para o chanceler iraniano, o tribunal dos EUA emitiu "uma resolução ilegítima" e politicamente motivada.

    Além disso, o primeiro vice-presidente do Irã, Eshaq Jahangiri, disse anteriormente que Teerã usaria todos os meios legais para recuperar o dinheiro iraniano mantido pelo governo dos EUA.

    Mais:

    EUA compram US$ 8,6 milhões em água pesada do Irã
    EUA são contra a venda de sistemas de defesa antiáerea russos S-300 ao Irã
    EUA condenam Irã a pagar US$2 bilhões a vítimas de atentado de 1983
    Tags:
    fuzileiros navais, comissão, tribunal, terrorismo, ataques, pagamento, ativos, fundos congelados, vítimas, indenização, quartéis, atentado, 1983, Mohammad Javad Zarif, Teerã, Beirute, EUA, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik