13:52 26 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0182
    Nos siga no

    O representante permanente da Rússia na OTAN afirmou que a Aliança está tentando criar uma linha de confrontação no Mar Negro, o que contraria os interesses dos países da região, e a Rússia irá tomar as medidas necessárias para combater novas ameaças.

    A reação do diplomata russo, Alexander Grushko, foi em resposta às declarações do vice-secretário-geral da OTAN, Alexander Vershbow, que reforçou em 22 de abril, em Sofia, a adoção de uma “abordagem dura” em relação à segurança no Mar Negro por parte da organização. 

    “A assim chamada ‘abordagem dura’ da OTAN para a segurança no Mar Negro não é mais do que uma tentativa de criar uma nova linha de confrontação na região do Mar Negro sob o mítico pretexto da ‘ameaça russa’”, disse o representante russo na OTAN. 

    Ainda de acordo com Grushko, “tudo isto é contrário aos interesses fundamentais dos países do Mar Negro, incluindo membros da OTAN. Não é nossa escolha. A OTAN deve compreender que a Rússia irá tomar todas as medidas necessárias para neutralizar as ameaças iminentes", escreveu o representante permanente da Rússia na Aliança em seu Twitter.

    Mais:

    Avião russo nos céus da OTAN – mas não tem motivo para pânico
    'Ucrânia está muito enganada ao acreditar na possibilidade de integrar a OTAN'
    OTAN pretende ter presença 'mais persistente' no Mar Negro
    Conflito territorial divide nações da OTAN
    Ucrânia incentiva OTAN a aumentar presença no mar Negro
    Tags:
    Rússia, Mar Negro, Alexander Grushko, Alexander Vershbow, OTAN, confronto
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar