14:09 27 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Apoiantes do Comitê Supremo para as Negociações empunham a bandeira da oposição síria, Genebra, Suiça, 2 de fevereiro

    Moscou constata degradação do diálogo pela paz na Síria

    © AFP 2018 / FABRICE COFFRINI
    Mundo
    URL curta
    Síria depois de Palmira (73)
    0 13

    O porta-voz do presidente da Rússia, Dmitry Peskov, declarou nesta segunda-feira (25) que Moscou tem constatado com grande preocupação uma deterioração na situação envolvendo o diálogo pela paz na Síria.

    "A Rússia tem feito tudo o que está ao seu alcance para colaborar com o desenvolvimento e a sustentação desses processo de negociações pela paz em Damasco, para evitar que o mesmo seja interrompido. Apesar disso, continuamos constatando com grande preocupação a degradação da situação nesse diálogo" – disse Peskov.

    A declaração foi feita em resposta à uma pergunta de jornalistas sobre as tentativas de Moscou de usar sua influência para evitar um "colapso total" das conversações entre o governo e a oposição na Síria.

    A nova rodada negociações voltadas para a transição política na Síria foi iniciada em 13 de abril, em Genebra. Durante a rodada anterior, realizada em março, não foi alcançado diálogo direto entre as partes.

    O enviado especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, manteve reuniões separadamente com a delegação do governo, o Alto Comitê de Negociações, criado pela oposição síria em Riad, bem como representantes de grupos de oposição que tinham realizado consultas no Cairo e em Moscou.

    Esta semana, o Alto Comitê anunciou que suspenderia a sua participação nas consultas ao acusar outros negociadores de violar as resoluções da ONU e a declaração de Genebra sobre a Síria.

    Tema:
    Síria depois de Palmira (73)

    Mais:

    Síria quer participação da Rússia no seu setor de petróleo e gás
    Kremlin: diferente dos EUA, presença militar da Rússia na Síria é legítima
    Roubo de petróleo é a principal fonte de receitas dos jihadistas na Síria
    Tags:
    degradação, diálogo, paz, negociações de paz, Dmitry Peskov, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik