01:49 14 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Guerra de sanções entre Rússia e Ocidente (177)
    38634
    Nos siga no

    Após quase dois anos de sanções, decretadas pelos EUA e países da Europa Ocidental, um colunista da revista Forbes chegou à conclusão que a Rússia pode viver sem a Europa.

    O colunista Kenneth Rapoza partilhou esta opinião em um dos seus últimos artigos, admitindo que ainda há muito para fazer para substituir completamente as mercadorias europeias. Segundo ele, o efeito das medidas de resposta russas é bastante maior.

    O primeiro-ministro russo Dmitry Medvedev declarou na quarta-feira passada (21), somando resultados do trabalho do Ministério das Finanças em 2015:

    “Eles previram repetidamente consequências catastróficas para nós, dizendo que a nossa economia ficaria em ruínas. Mas não está em ruínas. Existem dificuldades mas a atual situação econômica e financeira da Rússia é muito melhor da que existiu durante outros períodos da nossa história”. 

    Casa Branca, Resdência oficial do Presidente dos EUA
    © Sputnik / Наталья Селиверстова
    Kenneth Raposa sublinhou que os produtores de alimentos russos “graças às sanções, têm vindo a gozar de menor concorrência por parte da Europa”.

    “Mesmo que a Rússia não consiga produzir queijo brie ou certos frutos, ela pode pescar mais bacalhau e produzir mais frangos nas fazendas locais”, diz-se no artigo.

    Cabe mencionar que, enquanto não há consenso sobre o valor do dano causado ao mercado europeu pelas contramedidas introduzidas em resposta às sanções anti-russas, a organização Copa-Cogeca, que se posiciona como “a voz unida dos agricultores e suas cooperativas na União Europeia” afirma que as medidas da Rússia custam aos agricultores da União Europeia 5,5 bilhões de euro de exportações perdidas anualmente.

    Tema:
    Guerra de sanções entre Rússia e Ocidente (177)
    Tags:
    sanções, agricultura, alimentação, Europa, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar