18:25 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Aviões de attaque russos SU-25 decolando da base aérea militar na Síria

    Obama vê redução 'significativa' das hostilidades na Síria

    © Sputnik/ Dmitry Vinogradov
    Mundo
    URL curta
    0 32701

    A cessação das hostilidades na Síria resultou em uma diminuição notável da violência desde que o acordo de cessar-fogo foi alcançado em fevereiro, disse nesta sexta-feira (22) o presidente dos EUA, Barack Obama.

    "A cessação das hostilidades na verdade durou por mais tempo do que eu esperava, e há sete semanas, temos visto uma redução significativa na violência dentro daquele país", disse Obama em entrevista coletiva em Londres.

    Ele afirmou ainda que conversou na segunda-feira (19) com o presidente russo, Vladimir Putin, para reforçar "a importância de tentarmos manter a cessação das hostilidades".

    Os EUA e a Rússia formaram uma parceria para supervisionar o regime de trégua na Síria, medida que se destina a facilitar o processo político em curso no país e a garantir as entregas de ajuda humanitária às regiões sitiadas.

    No início da semana, Obama descreveu o cessar-fogo como “frágil”, avisando que ele "poderiaestar desmoronando" depois de, em grande parte, ter se mantido por mais de dois meses.

    O armistício entrou em vigor em 27 de fevereiro entre todas as partes na guerra civil síria, que está em andamento desde 2011. Segundo estimativas da ONU, o conflito já matou cerca de 400 mil pessoas.

    Mais:

    Pentágono reconhece que EUA mataram 20 civis no Iraque e na Síria
    Frente al-Nusra continua atacando o exército regular da Síria
    Chanceler francês em Moscou: solução política da crise síria é possível
    Obama agradece Putin pela libertação de cidadão americano na Síria
    Tags:
    trégua, guerra civil, ajuda humanitária, conflito sírio, hostilidades, cessar-fogo, acordo, ONU, Vladimir Putin, Barack Obama, Síria, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik