04:28 22 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    O ex-funcionário da NSA Edward Snowden

    Snowden será nomeado ao prémio de defesa da liberdade de expressão

    © AFP 2017/ Frederick Florin
    Mundo
    URL curta
    359130

    Edward Snowden será nomeado ao prémio Ossietzky 2016 pela PEN [organização norueguesa para a liberdade de expressão] "pela sua contribuição para a defesa da liberdade de expressão", informou o advogado encarregado do processo à Sputnik.

    Conta do Twitter de Edward Snowden
    © AFP 2017/ FLORIAN DAVID
    A PEN convidou Snowden à capital norueguesa, Oslo, em novembro deste ano para receber o prémio, mas a sua participação ou não no evento vai depender da decisão do tribunal do país sobre a extradição do ex-analista da NSA.

    Snowden e a PEN afirmaram que extradição pela Noruega neste caso será ilegal por causa da motivação política dos crimes incriminados.

    Atualmente Snowden reside na Rússia, que lhe concedeu asilo temporário. O ex-analista da NSA é procurado pelas autoridades dos EUA por violação da Lei de Espionagem do país (US Espionage Act, em inglês) e a detenção dele quase certamente resultará em extradição e em décadas na prisão.

    "É um princípio bem conhecido da lei norueguesa e da legislação internacional de extradição que não se pode extraditar uma pessoa perseguida por crimes políticos. Portanto, estamos falando de uma norma europeia fundamental e comum", disse Halvard Helle, o advogado encarregado do processo, à Sputnik. 

    Neste caso, segundo Helle, o processo tem "uma sólida base jurídica " que, se tivermos sorte, poderá permitir que o Governo norueguês não tome medidas para extraditar Edward Snowden.

    "A nossa tarefa hoje é criar as condições legais que permitam ao Sr. Snowden vir à Noruega e receber o prémio Ossietzky. Se o veredito for a favor do Sr. Snowden, o Governo será obrigado a respeitar a decisão".

    Edward Snowden é um ex-funcionário da NSA, que se tornou conhecido depois de escândalo com o vazamento de documentos classificados da Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA, na sigla em inglês). Posteriormente ele foi acusado de violar a Lei de Espionagem, bem como de roubo de propriedade do Governo.

    As revelações associadas com Snowden e as acusações contra ele transformaram o ex-analista de NSA numa figura controversa, e inspiraram numerosos debates sobre a vigilância do governo, a segurança nacional e a privacidade.

    A PEN disse que o prémio Ossietzky deste ano será concedido a Snowden "para prestar respeito ao papel que ele tem realizado como delator", acrescentando que "o prémio provocará a necessidade de um debate internacional sobre a vigilância e os limites dela, estabelecidos pelo direito nacional e internacional".

    Até o momento, o pedido do governo norueguês está na etapa inicial. Mas, apesar dos temores de que o processo possa levar meses para chegar a uma conclusão, os advogados de Snowden continuam otimistas.

    Mais:

    Snowden critica Obama em caso Apple-FBI
    Snowden diz que não é só a Apple que pode vigiar seu iPhone
    Kremlin se recusa a satisfazer pedido de Trump de entregar Snowden aos EUA
    Tags:
    asilo político, extradição, prêmio, Agência Nacional de Segurança (NSA), Edward Snowden, EUA, Oslo, Noruega
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik