18:07 22 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    112
    Nos siga no

    O Exército de Israel demoliu nesta quarta-feira (20) a casa de um dos palestinos que havia atacado, com armas brancas, duas mulheres em janeiro passado, segundo informa a AP.

    Hussein Mohammed Abu Ghosh e outro palestino esfaquearam duas israelenses na Cisjordânia e foram mortos por um guarda israelense. Uma das mulheres morreu.

    A demolição da casa de Abu Ghosh, no campo de refugiados de Qalandia, entre a Cisjordânia e Jerusalém, foi marcada por protestos. Durante a operação, alguns palestinos atiraram pedras e bombas incendiárias contra as forças israelenses. Depois de tentar dispersar a população que protestava, os militares dispararam com munição real contra os manifestantes.

    De acordo com Tel Aviv, as demolições são uma medida para prevenir novos ataques.

    Mais:

    Netanyahu ordena punir deputados que consolavam famílias de palestinos mortos
    Palestino-americano é morto ao tentar esfaquear soldados israelenses
    Putin: Rússia apoiará esforços da Palestina no Oriente Médio
    Soldados israelenses queimam bandeira palestina na Cisjordânia
    Tags:
    protestos, ataque, exército, casa, demolição, Qalandia, Palestina, Israel, Cisjordânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar