18:41 22 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    4122
    Nos siga no

    Moscou considera que Irã não violou acordos internacionais referentes aos lançamentos de mísseis balísticos, declarou ao Sputnik o diretor do departamento de não proliferação e controle de armamentos do ministério das Relações Exteriores da Rússia, Mikhail Ulyanov.

    "A proibição de lançamento de mísseis balísticos foi revogada, sobrou somente a recomendação. Uma recomendação não pode ser violada, pode ser ignorada. O que aconteceu no caso. Os iranianos dizem que sempre lançaram e seguirão lançando (mísseis). Só o fato do míssil ser balístico não permite afirmar muita coisa. Quaisquer reclamações não se sustentam nesse sentido, pois, segundo a nova resolução, se trata de mísseis balísticos construídos de modo específico para ogivas nucleares", comentou Ulyanov.

    Ele destacou que, no caso de lançamentos anteriores realizados pelo Irã, "ninguém conseguiu provar que os mísseis eram capazes de transportar ogivas nucleares, nem que foram projetados com esse objetivo".

    "Os iranianos não estão violando nada. No plano geral de ações no âmbito da normalização do problema nuclear iraniano não há uma palavra sequer sobre os mísseis. Os mísseis são citados somente na resolução, ou, para ser mais exato, no anexo à resolução. E mesmo alí se trata de uma recomendação", completou o diplomata. 

    Mais:

    Irã mostra os novos mísseis S-300 russos durante desfile militar
    EUA e aliados acusam Irã de desafiar resolução da ONU com mísseis
    Testes com mísseis do Irã não violam resolução do CS da ONU, segundo embaixador russo
    Kerry reclama de testes com mísseis balísticos do Irã em conversa com Zarif
    Tags:
    testes de mísseis, mísseis balísticos, Mikhail Ulyanov, Irã, Rússia, Moscou
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar