12:20 20 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0102
    Nos siga no

    Vladimir Putin expressou as suas condolências ao presidente Rafael Correa devido ao recente terremoto no país, que resultou na perda de 77 vidas humanas e destruições maciças, comunica o serviço de imprensa do Kremlin neste domingo (17).

    “O chefe de Estado da Rússia sublinhou que a Rússia compartilha a dor e o pesar daqueles que perderam os seus familiares e próximos em resultado deste desastre e espera que os feridos se recuperem rapidamente”, diz-se no comunicado.

    Pelo menos 77 pessoas morreram e mais 588 sofreram ferimentos no terremoto da noite de sábado, que atingiu uma magnitude de 7.8 e afetou a costa central do Equador.

    As autoridades do Equador enviaram 10 mil militares e 3,5 mil polícias à zona do sismo, segundo a agência Associated Press que cita as autoridades locais. Além disso, 1,2 mil voluntários da Cruz Vermelha chegaram também ao local.  

    O presidente Rafael Correa declarou estado de emergência nacional e pediu aos 16 milhões de pessoas do país andino para manterem a calma.

    As maiores destruições ocorreram na cidade de Guayaquil, na costa ocidental do país: muitos centros comerciais e outros prédios ficaram destruídos. Os usuários das redes sociais publicaram fotos das destruições.

    Mais:

    Alerta de Tsunami na costa sul do Japão após novo terremoto de magnitude 7,0
    Hospitais recebem mais de 760 feridos após terremoto no Japão
    Terremoto de magnitude 6,5 atinge costa de Vanuatu
    Tags:
    Rússia, Equador, Vladimir Putin, terremoto
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar